Entenda o que é e como funciona a criptografia do WhatsApp

como funciona a criptografia do WhatsApp

Você já deve ter ouvido falar sobre a segurança do WhatsApp, correto? Essa é, sem dúvida, uma das soluções de comunicação mais seguras hoje. Mas, você sabe como funciona a criptografia dessa ferramenta?

Você certamente utiliza o WhatsApp para conversar com seus amigos, familiares, colegas de trabalho ou faculdade. Muito além de um simples sistema de troca de mensagens, o aplicativo também tem se mostrado um importante aliado das empresas e organizações porque garante a proteção dos dados.

Por causa disso, a segurança da ferramenta é aprimorada constantemente, como o processo de criptografia de ponta a ponta implantado em abril de 2017, que garante a segurança e a privacidade de mensagens, fotos, áudios, vídeos e ligações.

De acordo com o próprio WhatsApp, o sistema de criptografia “assegura que somente você e a pessoa com que você está se comunicando podem ler o que é enviado e ninguém mais, nem mesmo o WhatsApp”. Ou seja, sinônimo de privacidade total!

Quer saber mais sobre o tema e o que torna esse mecanismo tão importante para o usuário? Então, confira o nosso post de hoje e saiba como funciona a criptografia do WhatsApp!

Mas, o que é criptografia?

Criptografia é a arte de escrever em códigos para ocultar uma informação. Dessa forma, apenas pessoas que saibam o código de determinada conversa poderão acessar e entender o conteúdo.

Na web, a criptografia é responsável por proteger dados importantes e, muitas vezes, confidenciais, de ataques e acessos indevidos. Para isso, oculta informações por meio da codificação, aumentando a segurança de quem utiliza qualquer tipo de sistema online.

Com a criptografia é possível enviar e receber dados com segurança em ambientes virtuais. É ela a responsável por impedir que informações sejam capturadas por terceiros quando acessamos um internet banking, compramos produtos ou enviamos um e-mail. Todo conteúdo será protegido por uma fórmula única e apenas o usuário e o destinatário do dado poderá decifrar o conteúdo.

No Whatsapp, não é diferente. Com um sistema de criptografia de ponta a ponta moderno, o aplicativo consegue impedir que uma pessoa com acesso à mesma rede do usuário possa visualizar o conteúdo das mensagens que ele envia ou recebe para terceiros. Dessa forma, o aplicativo pode ser utilizado para compartilhar dados sensíveis com muita segurança.

Como funciona a criptografia no WhatsApp?

Cada mensagem que você envia está protegida por um cadeado, e apenas você e a pessoa que recebe têm a chave necessária para destrancá-lo e ver o conteúdo. Isso acontece de forma automática, isto é, não é preciso ativar nenhuma configuração do seu aplicativo.

A criptografia utilizada pelo WhatsApp foi desenvolvida em conjunto com a Open Whisper Systems, uma empresa de softwares focados em privacidade. Ela foi a responsável pela criação do aplicativo de mensagens Signal, um dos primeiros mensageiros mobile que suportam esse tipo de segurança.

A parceria com o WhatsApp envolveu a incorporação do protocolo TextSecure em todos os clientes desenvolvidos pela empresa. Dessa forma, tanto no iOS quanto em dispositivos Android, passaram a contar com a proteção de ponta a ponta ativada por padrão.

O suporte foi lançado inicialmente para o envio de mensagens individuais nos aplicativos para Android. Rapidamente, o protocolo também foi implementado nas conversas feitas por meio do iOS e os chats em grupos.

Assim, independentemente do conteúdo ou aparelho do usuário, ele tem a garantia de que os seus dados estão protegidos. Hoje, o envio de notas de voz, mensagens de texto, chats em grupos, anexos e chamadas de voz, já é criptografado de ponta a ponta nos dispositivos com Android, iPhone, aparelhos com Windows Phone, o Nokia S40, o Nokia S60, dispositivos BlackBerry e o BB10.

Por que o WhatsApp é seguro?

criptografia utilizada é chamada de criptografia de ponta a ponta, em que duas chaves criptográficas estão envolvidas no processo de envio e recebimento de uma mensagem. São elas:

  • a chave pública: utilizada para criptografar uma mensagem antes de ser enviada a um usuário. Ela pode ser publicada em qualquer lugar, uma vez que não é capaz de descriptografar um conteúdo.
  • a chave privada: essa chave é um código numérico utilizado para descriptografar um conteúdo.

Ambas as chaves são trocadas regularmente para evitar que um invasor consiga obter o conteúdo de uma conversa. Como cada chave é gerada dentro do aplicativo (e não no servidor do WhatsApp), ninguém pode ter acesso ao conteúdo de uma mensagem.

Esse é um dos fatores que torna virtualmente impossível para qualquer pessoa capturar e visualizar uma mensagem enviada ou recebida por um usuário. Cada chave criptográfica é um número primo com mais de 60 dígitos, um algarismo que é quase impossível de ser gerado por um computador tradicional sem a chave privada do usuário. Assim, o WhatsApp pode evitar ataques e manter os seus usuários seguros sempre.

Como confirmo se uma conversa é criptografada?

Agora você já sabe como funciona a criptografia do WhatsApp. Então, o que acha de compreender melhor esse sistema de segurança?

O processo de criptografia de ponta a ponta no WhatsApp é automatizado, no entanto, você pode confirmar a informação da seguinte maneira:

  1. abra a conversa
  2. toque no nome do contato ou grupo para abrir a tela de dados
  3. toque em Criptografia para ver o código QR e o código de 60 dígitos

Se você estiver próximo fisicamente do contato, podem escanear o código QR do outro ou comparar os dígitos visualmente. Uma marca de tique verde deve aparecer para confirmar que a conversa está segura e a codificação certa.

Minhas mensagens não são criptografadas, o que faço?

Caso você toque em Criptografia na tela de dados do contato ou grupo, e receba uma mensagem de que a conversa não está sendo criptografada de ponta a ponta, lembre-se de que para o sistema funcionar você e seu contato devem utilizar a última versão disponível do WhatsApp.

Para isso, verifique se há alguma atualização disponível e avise seu(s) contato(s) do mesmo procedimento. Quando todos estiverem atualizados para a versão mais recente do aplicativo, um indicador deve aparecer na conversa, informando que as mensagens estão sendo criptografadas.

Fique atento: regularmente as chaves criptográficas dos seus contatos (e do seu WhatsApp) são trocadas. Sempre que isso ocorre, os seus contatos receberão um alerta sobre a mudança. Isso facilita a identificação de alterações e evita que um usuário entre em contato com uma conta invadida.

Ficou com alguma dúvida sobre como funciona a criptografia do WhatsApp? Faça sua pergunta nos comentários abaixo para te ajudarmos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top