Quando investir na computação em nuvem? Veja as dicas!

Quando investir na computação em nuvem

Compartilhe

Profissionais do setor de TI já conhecem as vantagens de adotar a cloud computing nas suas empresas. Junto deste conhecimento da tecnologia, sabem também dos custos e esforços envolvidos para realizar esta mudança. Contudo, uma grande dúvida surge quando se trata dessa solução: qual é o momento de investir na computação em nuvem?

Para ajudá-lo a fazer esta escolha, nós vamos mostrar os principais sinais de que a empresa apresenta problemas. Isso vai ajudá-lo a identificar quando é a hora certa de investir na computação em nuvem.

Quando seu ambiente de TI começa a mostrar cansaço

Não, eu não estou falando de profissionais trabalhando demais. É hora de apostar em computação da nuvem quando sua estrutura de TI dá sinais de que precisa se aposentar.

Servidores lentos, softwares desatualizados, computadores defasados, esse tipo de condição não só aumenta o tempo para realizar cada tarefa como eleva os custos de manutenção.

Se está na hora de trocar os equipamentos todos, por que não mudar definitivamente para a nuvem?

Quando sua equipe perde tempo demais com gestão

Uma empresa que cresce rápido demais é uma excelente notícia para todos os funcionários. Porém, isso pode se tornar um pesadelo para a equipe de TI.

Tornar todo o sistema escalável manualmente é um enorme gasto de tempo e dinheiro. Alguns processos se tornam complexos de um dia para o outro e, muitas vezes, consomem um funcionário integralmente para uma tarefa que poderia ser automatizada.

Se a empresa cresceu e o gerenciamento da infraestrutura está tomando muito tempo, é hora de migrar para a nuvem e colocar seu time para trabalhar em processos realmente críticos para o funcionamento do negócio.

Quando os funcionários da empresa perdem produtividade

As plataformas colaborativas se tornaram uma chave para a produtividade de qualquer empresa. Por isso, é fundamental contar com o apoio de uma boa equipe de TI.

O problema é que esse ganho em trabalho remoto, móvel e colaborativo depende de armazenamento para edição e criação de documentos e relatórios.

Se isso se tornou um gargalo na empresa e os funcionários têm dificuldade para acessar e trabalhar com arquivos remotos, está na hora de fazer a migração para a computação em nuvem. Além de não ter que investir em mais armazenamento, você configura em pouco tempo um ambiente escalável e seguro para a sua empresa.

Quando a segurança passa a ser uma preocupação

Segurança de dados é um ponto crítico de qualquer negócio. Quando a empresa começa a crescer fica mais difícil garantir que arquivos estejam seguros em uma estrutura interna. E isso pode se transformar em um grande problema no futuro.

Portanto, se os ataques aumentaram e está ficando difícil contê-los, é hora de investir na computação em nuvem. O mesmo ocorre se a ampliação no número de funcionários está significando um aumento de pontos vulneráveis. Isso indica que é hora de considerar uma mudança para unificar a segurança e agilizar o suporte.

Quando fica mais difícil gerenciar backups

Backups também fazem parte da segurança de dados. Eles evitam que qualquer incidente ou ataque faça com que a empresa perca arquivos essenciais para seu funcionamento.

A partir de um tamanho de operação, as rotinas de redundância se tornam um problema em uma estrutura interna própria, por demandar mais tempo da equipe de TI e estar sujeita a falhas humanas.

Notou esta dificuldade? Então é bom pensar em investir na computação em nuvem imediatamente para automatizar vários dos processos de backup e ainda contar com profissionais dedicados a essa função.

Às vezes é difícil notar os sinais de que é hora de investir na computação em nuvem. Contudo, um analista ou gerente de TI dedicado só precisa de atenção aos detalhes e decisão rápida para fazer esta escolha na hora certa.

Você é um desses casos? Identificou a sua empresa em um desses tópicos que mostramos? Então, venha conversar conosco para descobrir a solução perfeita para você!

Junte-se a nossa lista

Veja mais