Você sabe o que é PaaS? Entenda sobre essa tecnologia!

Você sabe o que e PaaS (Platform as a Service)? aprenda aqui.

A popularização e a evolução dos recursos tornaram a internet mais do que uma ferramenta de comunicação. Hoje, empresas têm negócios baseados 100% online, o que impulsiona o surgimento e o crescimento de novas tecnologias e muda a forma como o mercado atua. Uma das novidades atuais é a plataforma como serviço — Platform as a Service (PaaS). Você sabe o que é PaaS?

Quais são os benefícios dessa tecnologia? Acompanhe o post e tire suas dúvidas!

O que é PaaS?

Trata-se de um ambiente completo para desenvolvimento, teste e implementação de aplicações na nuvem. Não importa se o aplicativo será simples ou sofisticado, o provedor de PaaS dá acesso seguro a uma plataforma com tudo o que o cliente precisa.

Isso inclui recursos e ferramentas para desenvolvimento e testes, gerenciamento de banco de dados, Business Intelligence (BI), middleware e muito mais. É, portanto, o ambiente perfeito para gerenciar o ciclo de vida das aplicações.

Nele, é possível executar as funções de desenvolvimento, teste, implementação, monitoramento e atualizações com mais facilidade e rapidez. Agora que você já sabe o que é PaaS, que tal entender como ela funciona?

Como funciona a PaaS?

A PaaS é usada por desenvolvedores, do planejamento até a entrega e a implementação. Tudo pode ser feito on-line, sem a necessidade de downloads ou uploads.

Além disso, ela não serve apenas como ferramenta de desenvolvimento para aplicações, mas também para fazer seu gerenciamento — todo o suporte pode ser oferecido diretamente na PaaS.

O sistema funciona por meio de uma assinatura mensal, que inclui todas as ferramentas e os recursos necessários. A empresa tem tudo à disposição e paga apenas o que utilizar.

Manutenções e atualizações são de responsabilidade do provedor de PaaS. Assim, a contratante fica livre para cuidar dos aspectos mais estratégicos do seu negócio.

Quais são as vantagens da PaaS?

Elimina a necessidade de investimentos em infraestrutura física

Quando a empresa usa a PaaS, a maior parte do fluxo de trabalho — como hospedagens de sistemas e armazenamento de dados — é transferida para a nuvem e os dispositivos potentes in house deixam de ser necessários.

Basta, então, que a equipe de Tecnologia da Informação (TI) tenha computadores ou aparelhos móveis, o que reduz os custos e as necessidades de investimentos.

Diferentes equipes podem trabalhar juntas remotamente

Usando a internet, os profissionais envolvidos nas tarefas de desenvolvimento, teste, manutenção, entrega e suporte podem colaborar sem perder a sincronia, mesmo que estejam em locais diferentes.

O trabalho fica menos complexo

As ferramentas e os recursos oferecidos pela PaaS tornam o trabalho intuitivo e facilitam o desenvolvimento de aplicações até por quem não é especialista. Se a empresa tiver códigos de funcionalidades armazenados em um banco de scripts, por exemplo, e dependendo de quais delas forem escolhidas para o sistema, tudo é feito com apenas um clique.

Oferece flexibilidade ao cliente

Os desenvolvedores têm controle sobre as ferramentas que estão instaladas em suas plataformas e, assim, conseguem criar um ambiente que se adapte às suas necessidades específicas.

A segurança é reforçada

Planos de recuperação de desastres, servidores e redes redundantes para impedir a queda do sistema, políticas de segurança contra acessos não autorizados e backups de dados na nuvem são alguns dos recursos de proteção e continuidade de negócios oferecidos pela PaaS. Dificilmente uma empresa conseguiria manter tudo isso em dia e de forma eficiente sozinha.

Quando usar a PaaS?

Existem situações em que o uso da PaaS é mais favorável ao negócio. Veja as principais delas:

  • quando o produto ou serviço é oferecido pela internet, como um software, aplicativo ou atendimento on-line;
  • quando são necessários ambientes individuais em todas as etapas do processo para desenvolvimento, teste e hospedagem de sites e aplicações;
  • quando a empresa quer desenvolver seu próprio software interno, especialmente para criar diferentes ambientes de desenvolvimento, teste e validação de aplicações.

Quais são as diferenças entre PaaS e IaaS?

Enquanto a infraestrutura como serviço — Infrastructure as a Service (IaaS) — permite virtualizar um data center completo, a PaaS vai mais longe e entrega sistemas operacionais e ferramentas de desenvolvimento, gerenciamento de banco de dados e análise de negócios.

Agora que você sabe o que é PaaS, não perca mais tempo e dinheiro: otimize seu negócio com essa solução. Pronto para começar? Entre em contato com um de nossos especialistas e veja como a nossa solução cloud pode ajudá-lo!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top