Ransomware: o que é, como se proteger?

Ransomware: o que é como se proteger

O Ransomware é um código malicioso usado por hackers para impedir o acesso do usuário aos próprios dados. Assim, é solicitado um pagamento (ransom) para restabelecer a visualização e edição das informações.

Normalmente, o invasor utiliza a criptografia para bloquear o acesso e pede o pagamento por meio de bitcoins (dinheiro eletrônico). Quer saber como proteger a sua máquina desse problema? Acompanhe o artigo!

Como funciona?

O código malicioso é enviado para o usuário por e-mail, utilizando um anexo ou link infectado. Outra maneira bastante comum é o acesso por meio das vulnerabilidades dos sistemas que não receberam atualizações de segurança.

O invasor criptografa as informações e esconde a chave de acesso. Dessa maneira, fica difícil decifrar os códigos para reaver os dados. Em outros casos, a tela do computador costuma ficar bloqueada com um pop-up, sendo liberada apenas após o pagamento do resgate.

O risco dessa situação é que não existe uma garantia de que o sequestrador fará a liberação do acesso. Logo, dependendo da índole do hacker, o usuário poderá pagar o resgate e ainda não recuperar os dados.

Sendo assim, há dois principais tipos de códigos maliciosos:

  • O ransomware locker: que bloqueia o acesso ao equipamento;
  • O ransomware crypto: que utiliza a criptografia para impedir o acesso aos dados.

Como evitar o ransomware?

A primeira medida necessária para evitar a contaminação da máquina é a instalação de um antivírus de qualidade. Os softwares mais confiáveis do mercado já conseguem identificar vários tipos de infecção e realizar o bloqueio antes que ele cause prejuízos para o usuário.

Outra prática eficaz é a atualização constante dos sistemas utilizados. Os fornecedores das soluções realizam essas mudanças para corrigir erros e diminuir as vulnerabilidades dos softwares.

A terceira recomendação para evitar a infecção por ransomware é evitar o acesso a e-mails de usuários desconhecidos. Pode parecer uma dica simples, mas muitas pessoas infectam suas máquinas por clicar em links alterados.

Para complementar, é recomendável realizar backups frequentes das informações armazenadas no computador, seja ele um equipamento pessoal ou da empresa. Você pode utilizar um HD externo ou optar com uma solução em nuvem. Assim, se em algum momento a máquina for infectada bastará eliminar as informações e substituí-las pelos dados salvos.

Como agir se o computador for infectado?

Resolver o problema é mais difícil do que prevenir. A Microsoft, por exemplo, tem uma solução para remover os principais vírus do mercado. Contudo, não há garantias de que conseguirá eliminar o ransomware.

Caso o problema seja a tela travada, é necessário reiniciar o computador no modo segurança (usando F8) e usar uma ferramenta própria para eliminar o vírus. Entre as principais opções do mercado estão:

  • Acronis Ransomware Protection;
  • Avast;
  • Bitdefender Anti-Ransomware;
  • Ransom Free by Cybereason;
  • Trend Micro RansomBuster.

Além disso, evite pagar o valor cobrado pelo resgate, pois você não saberá se terá acesso aos dados novamente. Caso nenhuma dessas opções resolva o problema, o ideal é formatar o computador com segurança.

Pronto! Agora você já sabe o que é ransomware e como se proteger desse vírus. Lembre-se de manter os sistemas atualizados e não abrir nenhum arquivo anexo de pessoas desconhecidas.

Quer saber como evitar a contaminação por outros tipos de vírus? Acesse o e-book sobre os crimes virtuais mais comuns!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top