Malware: o que é, como se proteger?

Malware - o que é, como se proteger

A palavra malware vem da junção dos termos “malicious software”. Traduzindo de forma literal para o português ele é um software malicioso usado para danificar o computador e realizar ações indesejadas dentro de sistemas.

Entre os problemas gerados estão desde a lentidão no funcionamento de ferramentas até o sequestro de dados da empresa. Já imaginou os riscos que o negócio sofre com esse tipo de programa malicioso? A seguir, explicamos mais sobre ele e como você pode proteger a organização. Vamos lá?

O que é malware?

é um software malicioso usado para prejudicar o funcionamento de computadores e sistemas de pessoas físicas ou jurídicas. Popularmente são chamados de vírus porque conseguem se espalhar facilmente por uma rede. A seguir, listamos os principais tipos de malware e explicamos os danos que cada um pode causar ao negócio:

Ransomware                     

É um código malicioso que pode ser enviado por e-mail para as pessoas ou até por um link infectado em um website. O hacker consegue criptografar os dados disponíveis no computador e nos sistemas, com isso, pode fazer chantagens para receber um pagamento em troca das informações. Clique aqui e saiba mais sobre o ransomware.

Spyware

Ele funciona de forma oculta em um computador ou sistema. O objetivo é espionar o usuário e coletar informações sigilosas como senhas bancárias e segredos industriais. Muitas vezes, o proprietário do equipamento nem percebe que está sendo vigiado.

Worms

Eles infectam redes de computadores e conseguem utilizar as máquinas para infectar outros dispositivos. Eles se espalham pelas vulnerabilidades de sistemas e e-mails. Geralmente, não causam grandes prejuízos ou roubo de informações. Todavia, podem comprometer o desempenho da rede.

Cavalo de Tróia (Trojan)

Este talvez é o modelo de malware mais popular entre as pessoas. Ele aparenta ser um software legítimo para que o usuário permita sua instalação. A partir daí, começa a agir na máquina e abre portas para a instalação de outros tipos de software maliciosos.

Por que muitas pessoas criam esse tipo de vírus?

O principal objetivo dos hackers ao criar qualquer tipo de malware é agir de forma criminosa. Eles invadem redes de computadores para obter dados sigilosos e prejudicar o funcionamento das empresas para conseguir ganhar dinheiro com isso. E o tamanho do prejuízo é incerto, pois tudo vai depender de como utilizarão essas informações para o benefício deles.

Como se proteger de um malware?

O ideal é instituir boas práticas de segurança na empresa, que vão desde a mudança de hábitos até o uso de ferramentas mais robustas de proteção de dados. Vamos aos exemplos:

Evite downloads de sites desconhecidos

O malware pode estar em diferentes websites e ferramentas na internet. Portanto, o ideal é contar com o suporte da equipe de TI para selecionar quais programas serão utilizados dentro da empresa. Evite fazer downloads por conta própria, pois você nunca sabe se existe um código malicioso escondido.

Utilize um bloqueador de anúncios

Uma ferramenta que ajuda a bloquear alguns tipos de malware é o bloqueador de anúncios, também conhecido como “malvertising”. Isso porque alguns hackers usam banners na web para infectar o computador e fica muito difícil de saber se eles são seguros ou não. Essa solução, então, faz o bloqueio automático e evita a contaminação da sua máquina.

Utilize um bom antivírus

Existem soluções gratuitas na web e outras com um custo acessível para pessoas físicas, pequenas e médias empresas. Portanto, procure um antivírus confiável e instale em sua máquina para criar uma proteção a mais. Novamente lembre-se de avaliar se a página é segura para fazer download e verifique a reputação da empresa na internet.

Mantenha backups dos arquivos

Outra forma de ficar menos vulnerável às chantagens de hackers é a realização frequente de backups. Quem é trabalhador autônomo e tem poucos arquivos pode utilizar um HD externo, por exemplo. Já para empresas maiores e com muitos dados de clientes o ideal é procurar soluções mais robustas, como uma estrutura de data center físico ou um backup em nuvem.

Dessa maneira, se um hacker fizer chantagem com o seu negócio para receber dinheiro em troca dos dados você não precisará se preocupar com a continuidade das atividades, pois terá uma cópia segura e atualizada das suas informações.

Agora que você já sabe o que é um malware e as melhores formas de se proteger, o que acha de adotar bons hábitos na sua empresa para evitar problemas? Aproveite também que está em nossa página e entenda mais como funciona o backup em nuvem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top