Ferrou! O sistema online caiu. E agora, o que eu faço?

Ferrou! O sistema online caiu, e agora o que eu faço?

Compartilhe

Cada vez mais, a utilização de sistemas online faz parte do dia a dia empresarial. Eles têm diferentes funções como: fazer uma simples busca, emitir uma nota fiscal ou verificar pendências junto aos órgãos governamentais. São tarefas simples, triviais e cotidianas na atividade de um negócio, desde que tudo esteja funcionando.

Para muitas corporações, um sistema online em atividade significa trabalho em andamento. Mas, sem ele disponível, isso pode significar uma parada na produção, perda de tempo e dinheiro. E aí, chega o momento de contar com um bom suporte técnico. Para que você entenda melhor essa relação, vamos fazer uma analogia bem simples com a nossa saúde. Acompanhe!

Comparação entre queda no sistema online e a saúde

Imagine uma pessoa trabalhando. Ela faz um esforço acima do normal e, de repente, sofre um infarto! A primeira atitude é chamar uma ambulância para que os socorristas tentem reanimá-la e possam conduzi-la a um hospital para o atendimento emergencial. Mas, por que emergencial? Porque os minutos são decisivos para quem está sofrendo um infarto e podem significar, literalmente, vida ou morte.

Agora, você deve estar se perguntando, o que isso tem a ver com o meu sistema online? Exatamente tudo! Quando uma pessoa sofre um infarto, exceto raras vezes, é realizada a rastreabilidade para encontrar a fonte do problema. Uma pessoa que não pratica atividades físicas frequentes, leva uma vida sedentária e exagera com comidas e bebidas, por exemplo, tende a acumular gorduras nas artérias, que com o tempo ficarão entupidas e provocando o infarto.

Com os softwares online é a mesma coisa. Quando eles caem, esse foi o momento de infarto! Nessas horas, o desespero costuma bater à porta da empresa, que aciona a “ambulância” – o suporte técnico– para resolver a situação. A equipe vai iniciar o quanto antes os primeiros procedimentos de “massagem no infartado” para tentar restabelecer os sistemas o mais rápido possível. Afinal, o tempo é fator crucial nesse trabalho.

Se a sua leitura chegou até aqui, você já percebeu o perigo dessa situação, certo? Por isso, separamos algumas dicas que podem ajudar a evitar o infarto de seu sistema. Confira!

4 dicas para evitar a queda do sistema online

A melhor maneira de evitar que sua empresa fique parada e você perca dinheiro é realizar procedimentos diários para manter o seu software online. Veja as dicas a seguir! 

1. Monitoramento

Assim como uma pessoa faz seu check-up no intuito de encontrar algum problema de saúde, procure realizar um monitoramento constante no seu sistema online a fim de identificar possíveis falhas.

Portanto, verifique rotineiramente itens que podem prejudicar as “artérias”do seu sistema online. Sendo assim, utilize ferramentas para inibir invasões cibernéticas, realize backups diários de todos os dados do negócio e faça as atualizações necessárias em seu sistema. Tudo isso vai contribuir para que ele continue funcionando.

2. Melhorias

Realize exercícios físicos com seu sistema frequentemente. Faça os ajustes e melhorias necessárias identificadas no monitoramento. Com isso, se seu sistema precisar fazer aquele esforço a mais, certamente ele estará capacitado.

Para tanto, conte com o auxílio de uma equipe capacitada para sugerir as melhorias necessárias em seu sistema online. Siga também as orientações dos fornecedores da solução, uma vez que eles procuram identificar falhas e sugerir atualizações para deixar a ferramenta mais robusta e ágil.

3. Suporte técnico

Também é essencial contar com um suporte técnico eficiente para cuidar dos sistemas online do seu negócio. Ter uma equipe ágil e de confiança é imprescindível, pois funciona como uma ambulância em casos de emergência.

Sendo assim, invista na contratação de uma equipe com conhecimento técnico especializado, uma vez que ela poderá salvar o seu negócio da perda de clientes e possíveis insatisfações ocasionadas pela falha no atendimento em casos de problemas no sistema online.

Quando o suporte técnico se preocupa com a sua empresa, já tem como rotina realizar as manutenções necessárias e sugestões de melhorias como forma de evitar paradas no sistema online.

4. Investimento

Outro ponto que sua empresa precisa levar em consideração é a qualidade do suporte técnico. Assim como cada ambulância pode ter diferentes tipos de equipamentos para lhe atender (como o caso de uma UTI móvel e uma ambulância básica), o suporte técnico também tem suas variações.

Na hora de escolher um serviço de suporte, você pode optar por um básico ou avançado. E cada modelo vai apresentar um nível de atendimento diferenciado. Para tanto, recomenda-se avaliar as diferenças entre entre eles e escolher aquele que vai garantir a saúde do seu negócio.

Vale lembrar que muitas vezes é melhor investir um pouco mais e contar com uma UTI móvel no âmbito do suporte técnico do seu sistema online do que economizar e ficar abandonado nos momentos mais cruciais para a empresa.

Portanto, cabe a você, empresário, verificar qual é o plano de saúde que deseja ter na hora que seu sistema online cair. Tem dúvidas e quer entender qual é a melhor opção para o seu negócio? Entre em contato com nossa equipe e entenda como podemos ajudá-lo a encontrar a melhor solução para você!

Junte-se a nossa lista

Veja mais