Conheça os principais bancos de dados NoSQL (não-relacionais)

Conheça os principais bancos de dados NoSQL (não-relacionais)

Conhecer os diferentes tipos de bancos de dados é importante para entender qual infraestrutura é a mais indicada para determinado negócio. Os bancos de dados NoSQL (não-relacionais) surgiram a partir da necessidade de utilizar soluções mais fáceis de ampliar ou reduzir a infraestrutura conforme as empresas crescem.

Que tal saber mais sobre os bancos de dados não-relacionais?

Como surgiram os bancos de dados NoSQL

Os bancos de dados NoSQL (ou não-relacionais) utilizam um padrão diferente de armazenamento em relação ao SQL. O grande diferencial dessa tecnologia é a capacidade de escalabilidade para as operações das empresas de uma forma mais simples e econômica do que no banco relacional.

O NoSQL também proporciona uma performance melhor para o gerenciamento de dados das organizações, pois não há necessidade de agrupar os dados em um esquema de tabelas para usar as informações.

História do NoSQL

O termo foi utilizado pela primeira vez em 1998 por Carlo Strozzi, ao falar sobre um banco de dados não relacionais de código aberto. Com o crescimento do uso da internet e das soluções digitais, tornou-se cada vez mais necessário encontrar maneiras inteligentes de gerenciar os bancos de dados das empresas.

O termo foi novamente utilizado em 2006, quando a empresa Google publicou um artigo sobre o armazenamento de dados. Já em 2009, um colaborador do Rackspace organizou um evento para tratar de bancos de dados open source distribuídos e novamente citou o termo NoSQL. Naquela época, começaram a surgir mais tecnologias com bancos de dados não relacionais e o tema foi se popularizando.

A facilidade para processar informações, escalar a infraestrutura com menor custo foi tornando este banco de dados popular entre as empresas.

Principais bancos de dados não relacionais utilizados no mercado

A seguir, apresentamos os principais bancos de dados NoSQL utilizados em todo o mundo.

Redis

O Redis é o banco de dados NoSQL de chave-valor mais utilizado em todo o mundo. Ele vincula um valor a uma chave na sua estrutura, o que facilita o armazenamento e a busca desses dados. Por isso, é muito utilizado pelos desenvolvedores.

Memcached

Este banco de dados não relacional também faz o armazenamento com chave-valor e usa um cache de memória distribuída. Geralmente, é utilizado para criar sites dinâmicos, pois acelera a abertura das páginas e diminui as buscas de dados de fontes externas.

Cassandra

Este banco de dados NoSQL foi desenvolvido no Facebook. Ele usa um banco de dados descentralizado, em que os dados são armazenados em vários datacenters. Ele é otimizado para cluster e fornece baixa latência em suas atualizações.

Hbase

O Hbase é um banco de dados que utiliza conjunto de linhas e colunas para armazenar as informações. Ele é utilizado em diferentes plataformas como o LinkedIn, Facebook e Spotify 

Amazon DynamoDB

Este é um banco de dados NoSQL em nuvem, disponibilizado pela Amazon Web Service. Ele tem baixa latência, é rápido e flexível, sendo o modelo ideal para aplicações móveis, jogos na web e soluções com internet das coisas.

Ele ainda apresenta alto desempenho e escalabilidade automática, características imprescindíveis para negócios que precisam crescer com eficiência.

Neo4j

O Neo4j é um banco de dados não-relacional que se baseia em grafos (arestas que se relacionam aos nodes). Ele é uma implementação de código aberto e pode ser útil para casos de mineração de dados e reconhecimento de padrões.

MongoDB

Este também é um banco de dados de código aberto com alta performance. Ele é aceito em diferentes sistemas operacionais e tem como característica ser orientado a documentos.

Sendo assim, ele armazena todas as informações relevantes em um documento e utiliza sistemas avançados de agrupamento e filtragem. Diferentes plataformas e linguagens possuem suporte ao MongoDB, entre elas estão o Java, JavaScript, PHP, Python e Ruby.

Os principais exemplos de empresas que usam o MongoDB são: o site Globo.com, MailBox, MTV e Pearson Education.

Esses são os principais exemplos de bancos de dados NoSQL ou não-relacionais. O uso entre eles pode se diferenciar de acordo com as necessidades de cada negócio. Portanto, o mais indicado é buscar o auxílio de uma empresa especializada em soluções de armazenamento de bancos de dados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top