Como fazer a migração do ERP para a cloud?

Como fazer a migração do ERP para a cloud

Há muitas vantagens de optar por fazer a migração do ERP para a cloud, como o acesso remoto às informações e o ganho em produtividade. Os sistemas que funcionam na nuvem apresentam mais segurança para as informações e escalabilidade. Dessa maneira, sempre que a organização precisar de mais espaço de armazenamento poderá contratá-lo rapidamente.

Contudo, migrar para a nuvem não é tão simples quanto parece. O gestor precisa avaliar muitas situações e buscar o apoio de uma equipe que realmente entende sobre o assunto. Caso contrário, o processo de migração do ERP para a cloud pode gerar muita dor de cabeça. Conheça os principais passos para realizar esse trabalho de maneira bem-sucedida!

Avalie a necessidade da empresa

Antes de migrar o ERP para a nuvem, é essencial que todos os decisores da companhia entendam os benefícios dessa escolha e as etapas de transição nesse processo. É preciso eliminar qualquer dúvida da equipe antes de começar o trabalho.

Verifique a viabilidade da migração do ERP para a cloud

Alguns sistemas do mercado não estão aptos para mudar de infraestrutura. Por isso, o ideal é buscar informações com o fornecedor do ERP para identificar a viabilidade de transição e também consultar uma equipe terceirizada de soluções na nuvem. Só assim será possível fazer uma escolha adequada para a empresa.

Faça um mapeamento e backup

A terceira etapa consiste no mapeamento dos processos desenvolvidos no sistema ERP e na identificação de quais informações devem ser migradas por primeiro. Também é necessário realizar o backup dos dados para evitar a perda de qualquer arquivo importante durante o procedimento. Essa organização ajuda a dar mais agilidade ao trabalho da equipe e minimiza os problemas durante a migração do ERP para a cloud.

Escolha uma equipe especializada

O sucesso de qualquer migração de serviço para a nuvem depende de uma equipe técnica que entende do assunto. Portanto, muitas vezes é melhor buscar o apoio de uma empresa terceirizada do que deixar o processo com a equipe interna de TI. Os profissionais já têm as atividades internas para realizar e podem não ter tempo suficiente para dar atenção a todos os detalhes envolvidos durante o procedimento.

Sendo assim, o ideal é buscar um prestador de serviço de confiança e que seja certificado em soluções em nuvem. A equipe cria uma programação dividindo o processo em etapas. Assim, a atividade ocorre da maneira mais tranquila e segura possível.

Os profissionais especializados saberão indicar qual é o tipo de nuvem mais indicada para o negócio: pública, privada ou híbrida. Eles ainda fornecem orientações sobre o espaço de armazenamento ideal para garantir a performance e boa experiência do usuário.

Por fim, o fornecedor do serviço também é responsável por efetuar testes e monitorar os resultados do desempenho da infraestrutura em cloud, promovendo ajustes sempre que for necessário.

Vale lembrar que o ideal é buscar um parceiro que estabeleça um acordo de nível de serviço. Desse modo, a equipe interna de TI será capaz de cobrar que os parâmetros estabelecidos no contrato sejam cumpridos.

Logo, o processo de migração do ERP para a cloud não é simples. Ele demanda de uma equipe experiente e disposta a resolver rapidamente qualquer dificuldade que surgir durante a operação.

Quer entender melhor como o atendimento contribui para o sucesso desse trabalho? Conheça como foi a migração da Top System para a cloud!

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top