Como está a segurança do banco de dados da sua empresa?

Como está a segurança do banco de dados da sua empresa

O banco de dados é o coração de uma empresa. Sem ele, você não tem informações sobre os clientes, fornecedores e a situação financeira para saber qual direcionamento dar ao negócio. Diante disso, como está a segurança do banco de dados?

Deixar de dar atenção aos requisitos para diminuir a vulnerabilidade das informações da organização pode se transformar em um grande problema, pois muitas pessoas mal intencionadas conseguem ter acesso e sequestrar os dados. É como se você deixasse a porta da sua casa aberta para qualquer desconhecido entrar (o que é um risco enorme, certo?).

Então, ao pensar no banco de dados você deve imaginar que ele é o centro do seu negócio. É necessário “fechar todas as portas e colocar travas de segurança” para dificultar o acesso de estranhos, protegendo as informações que fazem a sua empresa funcionar.

Tem dúvidas sobre como cuidar dessa situação? É só prestar atenção às dicas que separamos!

Princípios da segurança do banco de dados

Cuidar da segurança do banco de dados é assegurar a integridade, disponibilidade e confidencialidade das informações. Para tanto, é necessário utilizar diferentes mecanismos responsáveis por limitar o acesso de pessoas aos dados e distribuir o fluxo de informações.

Os profissionais experientes em gerenciamento de bancos de dados já sabem quais são as principais vulnerabilidades do ambiente e conseguem identificar rapidamente as principais tentativas de invasão. Por meio de um monitoramento constante, eles criam barreiras de acesso aos dados e agem em qualquer situação de ameaça. Pensando em como podemos ajudá-lo, separamos os principais recursos que contribuem para a segurança das informações de um negócio.

Computação em nuvem

Ao falar em segurança de dados precisamos lembrar dos benefícios que uma solução cloud oferece. Ela tem uma série de recursos que permitem ao profissional de TI isolar o servidor de banco de dados e garantir que o acesso seja feito somente pelo servidor da aplicação.

O uso da nuvem para armazenar as informações da empresa também possibilita outras ações, como identificar as tentativas de acesso de outras origens e garantir que nunca sejam feitas conexões por qualquer IP, apenas por aquele autorizado pela organização.

A solução de cloud computing também permite isolar o servidor em uma rede interna. Dessa maneira, somente este servidor dá acesso ao banco de dados. Quando a empresa precisa fazer conexões externas, é recomendável utilizar um firewall para autorizar e controlar os IPs que podem se conectar com o banco de dados.

Backups

Ao pensar em segurança do banco de dados também é necessário criar uma infraestrutura de backups diários. Na computação em nuvem, por exemplo, você consegue programar os horários mais adequados para realizar essas cópias de segurança, uma facilidade a mais no dia a dia da organização.

Esses backups são armazenados em local seguro e podem ser utilizados sempre que houver um problema com os dados originais.

Também faz parte da segurança da informação o cuidado com a criação de logins e senhas distintos para cada usuário, limitando as permissões de acesso de acordo com as atividades realizadas pelos colaboradores.

Por exemplo: se a sua equipe de suporte precisa se conectar ao banco de dados para extrair informações, ela pode ter acesso somente à leitura, sem que possa fazer a atualização de dados.

Criptografia

Se você é usuário do WhatsApp ou Telegram já deve ter ouvido falar na criptografia de dados, certo? Essa é uma solução que cria chaves de segurança, permitindo apenas que as pessoas que enviam e recebem as informações tenham acesso às mensagens.

Se voltarmos ao exemplo do WhatsApp, apenas quem envia e recebe um recado consegue visualizar a conversa. O próprio Governo não consegue acessar os seus diálogos, pois existe todo um sistema de criptografia por trás.

Uma maneira de garantir a segurança do banco de dados da empresa é o uso da criptografia, por meio de aplicação de um certificado SSL. Dessa maneira, são criadas chaves de acesso para as conexões externas, evitando que qualquer pessoa consiga visualizar as informações sigilosas do negócio.

Enfim, o uso de soluções robustas dá mais segurança para o banco de dados da empresa e previne ataques de SQL Injection, que correspondem à manipulação de códigos para criar uma falha e liberar o acesso aos aplicativos e banco de dados relacionais.

Por isso, a melhor maneira de se preparar para evitar esse tipo de ataque é criar uma infraestrutura segura para proteger o banco de dados do seu negócio. Quer saber como fazer isso? Entre em contato pelo nosso chat e esclareça todas as suas dúvidas!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top