Ataque DDoS: o que é, quais são os riscos para o negócio?

Ataque DDoS - o que é, quais são os riscos para o negócio?

O ataque DDoS tem a função de reunir diferentes máquinas para acessar um servidor ao mesmo tempo, prejudicando o seu funcionamento. Com isso, todos os recursos hospedados podem sofrer interferências e apresentar instabilidade.

Manter a segurança cibernética é uma grande preocupação das empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte. Os ataques virtuais estão cada vez mais frequentes e já prejudicaram desde instituições financeiras até órgãos públicos. Portanto, é importante avaliar a infraestrutura utilizada pelo negócio e fazer um monitoramento frequente para evitar essas ocorrências.

Quer saber como funciona o DDoS e como evitá-lo? É só continuar a leitura!

Entenda o que é o ataque DDoS

A sigla DDoS significa Distributed Denial of Service, conhecido também como um ataque conjunto para promover a negação do serviço. A ideia principal é utilizar um computador mestre para gerenciar outras máquinas ao redor do mundo, promovendo o acesso conjunto a um servidor. Ele fica sobrecarregado, com falhas na memória e processamento, o que promove a queda de sites e outros recursos.

Qual é a grande diferença dos demais ataques virtuais?

Nas situações mais comuns, como por exemplo o ransomware, os hackers encontram uma brecha para invadir computadores e danificar ou sequestrar os arquivos. Consequentemente, a empresa fica refém de chantagens para obter os dados novamente.

Já no ataque DDoS o principal objetivo é deixar um ou mais servidores lentos e inacessíveis, prejudicando o negócio por um determinado período.

Principais riscos para o negócio

Por que se preocupar esse tipo de ataque se é temporário? O grande problema é quando ele ocorre em um dia muito importante para a empresa. Por exemplo: um e-commerce lança uma promoção especial durante a Black Friday e no dia sofre com um ataque DDoS.

Consequentemente, o servidor ficará sobrecarregado e os clientes terão dificuldade para visualizar as ofertas do site e fechar os pedidos, prejudicando o sucesso da campanha.

Logo, o maior impacto desse método de ataque é a interrupção no funcionamento das operações hospedadas no servidor. Um negócio que funciona apenas no ambiente digital, ficando com todas as informações disponíveis em um servidor online, pode ficar “fechado” por um dia.

Já se os sistemas da empresa funcionam na nuvem o ataque pode comprometer o fluxo de informações entre os profissionais, fornecedores e clientes.

Como evitar um ataque DDoS

Você pode mitigar os ataques utilizando uma infraestrutura robusta e aplicando algumas barreiras de acesso às informações. Conheça alguns exemplos:

Invista na infraestrutura

Contrate serviços em cloud com empresas de confiança e que mantenham parceiros de renome no mercado. Companhias como IBM, Amazon Web Services (AWS), Google, Microsoft, utilizam ferramentas anti-DDoS para proteger os seus datacenters. Sendo assim, analise quem é o fornecedor da solução antes de fechar um contrato.

O serviço anti-DDoS faz a detecção de tentativas de acesso inválidas e bloqueia os casos suspeitos, permitindo apenas que os usuários e clientes da rede consigam visualizar as informações.

Monitore a rede

Acompanhe o tráfego na rede para identificar se existem acessos fora do padrão e outras anomalias. Ao fazer esse monitoramento, você consegue identificar qualquer tentativa de ataque e agir rapidamente para conter o problema.

Utilize mais de um servidor

Ao contratar mais de um servidor para armazenar os dados da empresa, como serviços de e-mail, website sistemas, você consegue limitar a ação. Assim, a companhia não fica com toda a infraestrutura afetada em uma situação de ataque;

Portanto, o ataque DDoS pode comprometer o funcionamento do servidor e afetar o funcionamento de sites, banco de dados e outras ferramentas alocadas no ambiente. Quer saber como ter mais segurança na web? Conheça o nosso e-book que explica tudo sobre crimes virtuais!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top