Afinal, quais são os riscos da má gestão de TI?

Afinal quais são os riscos da ma gestão de TI

Independentemente do segmento em que a empresa atua, uma gestão de TI adequada será fundamental para ajudar o negócio a desenvolver um diferencial competitivo forte e crescer de forma sustentável.

O problema é que muitos gestores ainda não perceberam isso e não dão a importância que deveriam ao departamento. Isso faz com que a empresa deixe de aproveitar oportunidades como otimizar os processos, reduzir custos e agregar eficiência operacional ao setor — como consequência, perdem força competitiva no mercado.

Essa é uma questão importante e merece atenção. Para ajudar, listamos abaixo cinco riscos pelo qual a empresa fica sujeita com a má gestão de TI, acompanhe!

1. Falta de visão por parte dos gestores

Uma gestão de TI, voltada para resultados, exige mais foco no planejamento estratégico e operacional, o que demanda um estudo profundo no setor, dentro e fora da empresa.

Com esse aprofundamento, os gestores terão acesso a dados e informações sobre resultados possíveis de serem atingidos, novas tecnologias (ferramentas), metodologias e outras oportunidades de melhorarem o setor.

No entanto, sem essa dedicação, os gestores não terão a visão necessária para promoverem melhorias e, logo mais, o setor ficará defasado. Como o segmento de TI evolui muito rápido, cruzar os braços para ele pode ser uma sentença de morte para o negócio.

2. Problemas de comunicação

Sem uma gestão de TI eficiente, a interligação entre os departamentos de contabilidade e financeiro, marketing e vendas e outros pode ficar comprometida. As informações trocadas entre eles podem não ter a qualidade necessária, levando a interpretações errôneas de cenários, por meio de relatórios com dados imprecisos.

3. Baixa segurança dos dados

Outro problema muito comum nas empresas que não possuem uma boa gestão de TI é a segurança dos dados. Acessos por usuários não autorizados podem colocar em risco as informações estratégicas do negócio e a divulgação de dados pessoais sobre os clientes, colaboradores, fornecedores e gestores da empresa.

Além disso, a empresa fica vulnerável a acidentes e a falhas humanas em processos manuais, ocasionando a perda parcial e/ou total dos dados.

4. Perdas financeiras

Como consequência de uma gestão de TI inadequada, a empresa ainda pode perder clientes importantes por falta de confiança, resultando na diminuição das receitas adquiridas.

Muito pior que isso: pode ganhar uma imagem negativa e fazer com que a empresa perca valor de mercado, lavando muitos sócios e investidores a deixarem o negócio. Ou seja, o prejuízo pode ser grande.

5. Ações judiciais

E as consequências de uma falta de gestão de TI mais eficiente não param por aí. Clientes, fornecedores e os próprios colaboradores que se sentirem lesados podem entrar com uma ação judicial, obrigando a empresa a pagar indenizações pelo vazamento de dados como nomes, endereços físicos e eletrônicos, documentos pessoais, números do cartão de crédito, etc.

Tudo isso só contribui para aumentar os prejuízos financeiros e piorar a imagem do negócio.

Esses são alguns dos principais riscos que a empresa corre sem uma dedicação maior a gestão de TI e, se você não quiser que isso aconteça com o seu negócio, é bom começar hoje mesmo uma estratégia de organização, planejamento, monitoramento e controle do setor.

E você, como faz a gestão de TI da sua empresa? Conta para a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Precisa de ajuda? Ligue +55 49 3025.1900 ou

Converse conosco

top